Pesquisar este blog

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Ciclovia da Ana Costa: parou por quê?

Por quê parou, parou por quê, a ciclovia da avenida Ana Costa?
Espero sinceramente que se trate de algum problema momentâneo, pois esta ciclovia tem grande importância para a rede cicloviária municipal.
A morte de uma ciclista (infelizmente não foi a única) na avenida Nossa Senhora de Fátima, na semana passada, justifica todos os esforços para complementação desta rede, o mais rápido possível.
Meu temor acerca desta paralisação se justifica, pois a ciclovia de acesso ao túnel Rubens Ferreira Martins, na avenida Waldemar Leão, após aproximadamente um ano e meio do início da obra, encontra-se inacabada até hoje, sem sinalização horizontal e vertical implantadas.

Um comentário:

  1. Ouvi dizer que os moradores que vivem nas proximidades da avenida querem que a ciclovia não seja construída "para evitar a invasão dos moradores da Zona Noroeste".

    ResponderExcluir