Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O que falei e o que foi publicado

Repórter da mesma A Tribuna ouviu-me, dias atrás, para colher minha declaração acerca do futuro de Santos, para o suplemento de aniversário da Cidade, distribuído junto com a edição de ontem.
Na página 3, do referido suplemento, saíram publicadas apenas duas frases minhas, das dezenas que falei.
A primeira, meio deslocada do contexto e menos importante, comparando a situação de Santos com a de Manhattan (em termos de esvaziamento do centro, devido à supervalorização imobiliária).
A segunda, com a questão que considero crucial: fixar a população na ilha de São Vicente deve ser a prioridade zero do planejamento urbano, nos próximos anos.
Mas, infelizmente, esta frase solta resultou desimportante, em meio às loas entoadas ao momento estupendo e alvissareiro pelo qual passamos.
É uma pena, pois creio ter mais a contribuir para uma boa análise do que está por vir.

3 comentários:

  1. Estranho que não estou surpreso, a mídia brasileira é assim mesmo...

    ResponderExcluir
  2. O senhor sabe se é possível ver a matéria via internet?

    ResponderExcluir
  3. Como nós sabemos a prefeitura está preocupada em fazer obras na orla, como é de praxe, para os bairros mais pobres: nada.

    http://www.atribuna.com.br/noticias.asp?idnoticia=76739&idDepartamento=5&idCategoria=2

    ResponderExcluir