Pesquisar este blog

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Grupo de Defesa do Direito à Cidade define suas prioridades

Em sua primeira reunião, realizada no dia 5 de fevereiro, o Grupo de Defesa do Direito à Cidade, criado pelo Fórum da Cidadania de Santos, elegeu as seguintes prioridades:
1-   Definir algumas questões consideradas relevantes do Projeto de Revisão do Plano Diretor e Lei de Uso e Ocupação do Solo, ora em processo de tramitação na Câmara Municipal, para serem objeto de atuação prioritária e sistemática do Fórum da Cidadania junto aos diversos segmentos sociais.
2-   Participar das iniciativas conjuntas da Comissão Permanente de Desenvolvimento Urbano da Câmara e da Comissão Especial de Vereadores do Plano Diretor, quando da realização de Audiências Públicas.
3-   Promover o lançamento público do Grupo de Defesa do Direito à Cidade com a realização de evento com a participação de urbanista(s) convidado(a).
4-   Levar as discussões sobre o conceito de Direito à Cidade junto às várias regiões da cidade.
5-   Utilizar instrumentos de Comunicação Digital / Redes Sociais para difundir o debate sobre o tema.
6-   Realizar evento comunitário (ato público) para dar mais visibilidade ao Grupo e aos seus objetivos.
7-   Inserir o debate sobre o Direito à Cidade na Conferência Municipal da Cidade a ser realizada neste ano.
8-   Participar ativamente da organização da Conferência Nacional sobre Transparência e Participação Social – CONSOCIAL -  prevista para o mês de outubro em Brasília por iniciativa da CGU. A Conferência  prevê etapas municipais, regionais e estaduais, abordando o tema “A Sociedade no Acompanhamento da Gestão Pública”.

Próximo passo:
Debate sobre as questões que devemos considerar como prioritárias do Plano Diretor e da Lei de Uso e Ocupação do Solo, a ser realizado na reunião plenária mensal do Fórum da Cidadania, no dia 26 de fevereiro (sábado), às 15 horas, na Estação da Cidadania, sob a coordenação dos companheiros José Marques Carriço e Lenimar Rios, ocasião em que haverá também um relato sobre os riscos de deslizamentos em Santos pelo companheiro Marcos Bandini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário