Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Santos: o segundo rango mais caro do Brasil

A culpa do custo de vida, em Santos, não é só da habitação. Vejam notícias publicadas hoje, no site InfoMoney:

InfoMoney - 15/02/2011 - 14h17

Sudeste tem refeição mais cara do País para trabalhador, diz pesquisa
http://web.infomoney.com.br/templates/news/view.asp?codigo=2043401&path=

SÃO PAULO – A região Sudeste tem a refeição mais cara do País para o trabalhador, de acordo com pesquisa divulgada nesta terça-feira (15) pela Assert (Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador). Para se alimentar fora de casa, o trabalhador que reside em um dos quatro estados pertencentes à região gasta, em média, R$ 22,19. Já a refeição mais barata foi verificada nos estados pertencentes à região Sul, com média de R$ 18,20.
No Centro-oeste, um almoço fora custa R$ 21,21, em média. No Norte, a refeição sai por R$ 19,96, e no Nordeste, por R$ 18,95.

Brasil
O valor médio gasto pelo trabalhador brasileiro para comer fora de casa é de R$ 21,11. O levantamento leva em conta a refeição composta por prato principal, bebida, sobremesa e cafezinho.
Segundo o estudo, o valor médio do prato comercial é de R$ 13,03, enquanto o self service custa R$ 16,30 por refeição. Já o gasto com o prato executivo é de R$ 22,85, em média, e o almoço a la carte, R$ 32,38.

Cidades
A cidade do Rio de Janeiro figura como a mais cara do País, com R$ 26,57 por refeição. Em seguida está Santos, com R$ 26,34, e Brasília, com R$ 22,77. Veja a tabela:
Cidades mais caras
Cidade
Preço da refeição
Rio de Janeiro
R$ 26,57
Santos
R$ 26,34
Brasília
R$ 22,77
Campinas
R$ 22,26
Grande SP
R$ 21,72
Fonte: Assert
Entre as mais baratas para se comer fora de casa aparecem Blumenau (R$ 16,35), Campo Grande (R$ 16,44) e Fortaleza (R$ 17,01). Confira:
Cidades mais baratas
Cidade
Preço da refeição
Blumenau
R$ 16,35
Campo Grande
R$ 16,44
Fortaleza
R$ 17,01
Curitiba
R$ 17,23
Belo Horizonte
R$ 17,97
Fonte: Assert


InfoMoney - 15/02/2011 - 09h46

Gasto do trabalhador para comer fora de casa sobe 16% em 2010

MARIANA SALLOWICZ
DE SÃO PAULO
Atualizado às 10h06.
O trabalhador brasileiro gasta, em média, R$ 21,11 para consumir fora de casa prato principal, sobremesa, bebida e cafezinho, aponta pesquisa feita pela Assert (Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador). O estudo do ano anterior indicou valor médio de R$ 18,20 --o que aponta para uma alta de 15,98% no período.
"O custo dos alimentos pressionou a inflação no ano passado e isso reflete também no preço das refeições fora de casa", afirma o presidente da Assert, Artur Almeida. A inflação oficial, medida pelo IPCA, encerrou 2010 em alta de 5,91%.
Almeida aponta que os alimentos ficaram 10,39% mais caros, contribuindo com 2,34 pontos percentuais na formação do IPCA. "Isso representa 40% do índice", ressalta.
Segundo ele, a forte demanda também pressionou os preços das refeições. "Há um forte crescimento no país da procura por restaurantes, uma vez que a massa salarial no país tem aumentado."
Na divisão por região do país, as refeições mais caras estão na Sudeste (R$ 22,19), Centro-Oeste (R$ 21,21) e Norte (R$ 19,96). Em seguida aparecem a Nordeste (R$ 18,95) e a Sul (R$ 18,20).
Já entre as cidades mais caras, aparecem o Rio (R$ 26,57) e Santos (R$ 26,34). Os analistas da associação acreditam que isso se deve às novas obras em andamento na cidade, projetos da construção civil visando à Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas e investimentos no pré-sal.
Na sequência, estão Brasília (R$ 22,77), Campinas (R$ 22,26) e Grande São Paulo (R$ 21,72).
O levantamento foi feito em 3.256 estabelecimentos que aceitam tíquete, vale e cartão-refeição, entre 22 de novembro e 16 de dezembro.
Veja o valor por cidade:
Belém - R$ 20,73
Manaus - R$ 18,81
Fortaleza - R$ 17,01
Salvador - R$ 20,59
Recife - R$ 18,84
Brasília - R$ 22,77
Campo Grande - R$ 16,44
Cuiabá - R$ 19,83
Goiânia - R$ 18,02
Belo Horizonte - R$ 17,97
Grande Vitória - R$ 21,57
Grande São Paulo - R$ 21,72
Campinas - R$ 22,26
Ribeirão Preto - R$ 20,97
Santos - R$ 26,34
São José dos Campos - R$ 20,90
Rio de Janeiro - R$ 26,57
Blumenau - R$ 16,35
Curitiba - R$ 17,23
Florianópolis - R$ 19,82
Joinville - R$ 20,72
Porto Alegre - R$ 18,24

Nenhum comentário:

Postar um comentário