Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de março de 2011

O custo da omissão

Também na edição de hoje, do Jornal A Tribuna, p. A4, podemos ler declaração da promotora de justiça das áreas de urbanismo e meio ambiente, Dra. Ana Paula Fernandes Nogueira da Cruz, sobre a possibilidade de pedir o fechamento do "Lixão" da Alemoa.
Se isto ocorrer, os caminhões que recolhem lixo deverão ir direto até o aterro sanitário do Sítio das Neves, na Área Continental da Cidade, sem efetuar a operação conhecida como transbordo, que consiste na transferência dos resíduos destes caminhões para uma carreta.
Segundo a promotora: "A omissão da Prefeitura vai sair cara ao bolso do santista".

Um comentário:

  1. Carriço, sugiro um post sobre a proposta da Prefeitura para edifícios ecológicos. Eu achei equivocada, mas gostaria de saber sua opinião pois nada como a palavra de um técnico.

    ResponderExcluir