Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Esqueixada

Já que mencionei no post anterior, segue abaixo uma receita de esqueixada. É muito fácil de preparar. Assemelha-se muito com a punheta de bacalhau portuguesa. É uma entrada que deve ser acompanhada com pão italiano e vai bem com vinho branco seco e melhor ainda com branco verde. Alguns portugueses tintos também se armonizam bem (de preferência alentejanos bem secos).

Receita
Ingredientes: 
700 g de bacalhau seco desfiado, uma cebola, 4 tomates pelados, 100 g de azeitonas pretas, 0,2 l de azeite extra-virgem, pimenta preta moída e um dente de alho.
Preparação:
Deixa-se o bacalhau desfiado em água gelada durante 40 minutos, aproximadamente. Durante este tempo, troca-se a água três a quatro vezes. Depois, tira-se o bacalhau da água e pressiona-se um pouco, com a mão, para que perca água. 
Em um recipiente adiciona-se a cebola fatiada em tiras pequenas e finas, tomates pelados e cortados em cubos ou despedaçados, junto com as azeitonas (inteiras e sem caroço). 
Depois, adiciona-se o bacalhau e se mistura bem, com as mãos. Em seguida, polvilha-se com a pimenta e rega-se com azeite a gosto. Colocar sal, se necessário (não recomendo).
Para concluir, deixa-se na geladeira por cerca de 30 minutos.
Na hora de servir, o prato deve estar gelado.
Deve ser degustado em cima de rodelas de pão italiano de boa qualidade, bem fresco (9 de Julho ou São Domingos, no mínimo). Mas antes, esfrega-se o dente de alho no pão.
Bon appétit!

Depois de experimentar, é mister fazer uma expressão de quem entende tudo de integração entre cidade e porto. Pega bem e faz o maior sucesso (por enquanto).

Nenhum comentário:

Postar um comentário