Pesquisar este blog

domingo, 12 de junho de 2011

Plano Diretor: primeira votação não será amanhã

Já começo a colocar as barbas de molho. O acordo celebrado entre os vereadores da Câmara Municipal de Santos, para o processo de revisão do Plano Diretor e das lei de uso do solo, previa que a primeira votação das matérias seria realizada amanhã, 13/6. Mas este prazo certamente não será respeitado, pois até a tarde de sexta-feira passada, a ordem do dia da sessão desta segunda, contendo estes projetos, não havia chegado aos gabinetes dos vereadores.
Na realidade, a partir da avaliação de que seria impossível redigir as emendas aos projetos, decorrentes das propostas apresentadas nas audiências públicas, alguns vereadores estavam defendendo o adiamento da votação.
Como as propostas foram apresentadas na última audiência pública, em 31/5, certamente haveria tempo hábil para transformá-las em emendas, caso houvesse um pouco mais de celeridade no processo.
Apesar da dedicação de uns poucos funcionários a esta tarefa, grande parte das emendas já estavam prontas no final da última sexta-feira. Bastava que mais alguns vestissem a camisa, e o prazo seria cumprido.
A expectativa, agora, é que a primeira votação ocorra na próxima quinta-feira, dia 16/6. Pessoalmente não vejo qualquer motivo confessável, para haver novo adiamento. Mas caso haja, creio que é caso das centenas de pessoas que participaram das audiências públicas colocarem o Jabaquara em campo. Afinal, a cada dia que passa, mais uma monstruosidade urbanística pode dar entrada no setor de protocolos da Prefeitura, para alegria de poucos e infelicidade da imensa maioria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário