Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Censo mostra consolidação da concentração da riqueza regional em Santos

Os primeiros dados do Censo IBGE 2010, segundo setores censitários, vieram a demonstrar com bastante clareza a consolidação da concentração da riqueza regional na cidade de Santos.
A Tabela 1, apresentada abaixo, que elaborei com base nos dados divulgados em julho, permite comparar a distribuição percentual dos domicílios, conforme faixas de renda mensal de seus ocupantes. Na comparação, fica claro que Santos possui maior percentual de domicílios nas faixas com rendimentos superiores, em relação ao país, à região sudeste, ao estado de São Paulo e à própria Baixada Santista.
Nossa região possui uma distribuição ligeiramente superior à do estado, que por sua vez possui distribuição superior ao sudeste e ao Brasil.
Dentre os municípios da região, São Vicente e Praia Grande possuem uma situação muito semelhante, com distribuição mais concentrada em faixas inferiores às de Santos. A situação dos demais municípios parece ser a de maior precariedade da renda domiciliar, com pouca diferença entre estes, em termos percentuais.
Já em termos nominais (ver Tabela 2), observa-se que o maior número de domicílios cujos ocupantes possuem baixo rendimento está em Guarujá, Cubatão, Praia Grande e São Vicente. Enquanto isso, o maior número em faixas superiores de renda encontra-se em Santos.
Ou seja, ao contrário do que vêm afirmando os apressadinhos de plantão, o espalhamento da pobreza ao redor de Santos permanece firme e forte. Alguém duvida?

Tabela 1 - Domicílios particulares permanentes, por classes de rendimento nominal mensal domiciliar per capita (percentual com arredondamento) - Resultados Preliminares do Universo - 2010

Brasil
Sudeste
São Paulo
RMBS
Bertioga
Cubatão
Guarujá
Itanhaém
Mongaguá
Peruíbe
Praia Grande
Santos
São Vicente
Sem rendimento
4
4
4
4
4
7
5
5
5
5
4
3
4
Até 1/4 de sm
9
4
3
3
4
4
5
6
7
6
4
1
3
Mais de 1/4 a 1/2 sm
18
15
12
12
15
15
16
17
16
18
14
5
13
Mais de 1/2 a 1 sm
29
29
27
25
30
29
30
30
29
29
28
16
28
Mais de 1 a 2 sm
22
26
29
28
30
29
27
26
26
24
29
27
30
Mais de 2 a 3 sm
7
9
10
11
9
9
8
8
9
8
10
16
11
Mais de 3 a 5 sm
5
7
8
9
6
5
5
5
5
6
7
16
7
Mais de 5 sm
5
7
7
7
3
2
3
3
3
4
4
16
4
Total
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
100
Nota:
1 - Os dados são dos Resultados Preliminares do Universo.
2 - A categoria Total inclui os domicílios sem declaração de rendimento nominal mensal domiciliar per capita.
3 - A categoria Sem rendimento inclui as pessoas com rendimento domiciliar per capita nominal mensal somente em benefícios.
4 - Salário mínimo utilizado: R$ 510,00.
Fonte: IBGE - Censo Demográfico

Tabela 2 - Domicílios particulares permanentes, por classes de rendimento nominal mensal domiciliar per capita (unidades) - Resultados Preliminares do Universo - 2010

Brasil
Sudeste
São Paulo
RMBS
Bert.
Cubat.
Guar.
Itanh.
Mong.
Peruíbe
Praia Grande
Santos
São Vicente
Total
57.324.185
25.199.799
12.827.15
527.820
14.536
36.464
84.968
28.249
14.588
19.273
83.445
144.600
101.697
Sem rendimento
2.449.573
991.807
531.873
21.983
520
2.586
4.087
1.435
732
1.011
3.622
4.010
3.980
Até 1/4 de sm
5.252.767
997.344
354.870
17.933
560
1.452
3.944
1.726
957
1.231
3.009
1.749
3.305
Mais de 1/4 a 1/2 sm
10.591.130
3.736.371
1.533.531
64.754
2.211
5.502
13.887
4.817
2.397
3.419
11.296
7.716
13.509
Mais de 1/2 a 1 sm
16.441.266
7.360.408
3.505.268
133.406
4.315
10.691
25.701
8.376
4.193
5.578
23.067
23.012
28.473
Mais de 1 a 2 sm
12.551.391
6.569.139
3.705.925
147.923
4.310
10.402
23.316
7.279
3.856
4.558
24.612
39.302
30.288
Mais de 2 a 3 sm
4.025.026
2.174.866
1.273.786
59.044
1.261
3.311
7.020
2.258
1.296
1.629
8.757
22.782
10.730
Mais de 3 a 5 sm
3.056.396
1.678.070
969.647
46.030
805
1.846
4.142
1.529
787
1.081
5.946
22.644
7.250
Mais de 5 sm
2.939.438
1.680.403
945.274
36.448
436
671
2.854
822
370
761
3.121
23.286
4.127
Nota:
1 - Os dados são dos Resultados Preliminares do Universo.
2 - A categoria Total inclui os domicílios sem declaração de rendimento nominal mensal domiciliar per capita.
3 - A categoria Sem rendimento inclui as pessoas com rendimento domiciliar per capita nominal mensal somente em benefícios.
4 - Salário mínimo utilizado: R$ 510,00.
Fonte: IBGE - Censo Demográfico

Nenhum comentário:

Postar um comentário