Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O Faixa Viva entrará em nova fase?

O programa Faixa Viva, lançado pela CET-Santos, completou três meses e meio com relativo sucesso. Não entro no mérito da opção pelo braço estendido, como forma de alertar motoristas para a travessia de pedestres, mas creio que aqui e ali surgem evidências de que os primeiros passaram a ter mais atenção com os segundos.
Excluo aqui ciclistas e motoqueiros, pois merecem avaliação à parte. Mas ao menos motoristas de automóveis e de ônibus estão mais respeitosos. Para uma cidade em que motoristas possuíam uma relação de quase desprezo pelos pedestres, creio ser um avanço e tanto.
No lançamento da campanha, a CET informou que os três primeiros meses seriam dedicados a campanhas educativas e informativas, o que de fato ocorreu. Mas já é hora de ampliar os avanços obtidos e implementar outras estratégias, incluindo autuações.
A própria CET informou que tinha Brasília como paradigma para a criação do programa. Pois na capital federal os agentes de trânsito foram orientados a multar aqueles que desrespeitavam a preferência dos pedestres nas travessias.
De qualquer forma, é preciso ampliar o programa, pois respeitar pedestres é o mínimo de civilidade que se espera de um motorista. Sobretudo numa cidade em que a população idosa vem crescendo rapidamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário