Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

É natal nos morros de Santos: lata d'água na cabeça

Mais uma temporada e a cena se repete. Milhares de famílias residentes nos morros do José Menino e Santa Maria, em Santos, foram agraciadas pela Sabesp com falta d'água nas torneiras, na noite de Natal.
Mas é importante que se diga que não falta água na cidade. Além disso, estes bairros situam-se junto ao maior reservatório urbano de água escavado em rocha, do Brasil, sob os morros Marapé e Cotupé. Ou seja, ao lado da carestia, há fartura.
Portanto, o que falta é competência da companhia em resolver antigo e recorrente problema, que condena famílias à exclusão sanitária, toda vez que a região recebe milhares de turistas.
Como bem desabafou morador do Santa Maria, em entrevista ao jornal A Tribuna (leia aqui), no Gonzaga não falta água. Então por quê falta água no morro?
Mas pela resposta evasiva do representante da Sabesp, ouvido na referida reportagem, vai demorar para sabermos a resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário