Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Guilherme Álvaro: até quando sem UTI pediátrica?

Este blog presta homenagem ao promotor de justiça da Vara da Infância e da Juventude de Santos, Carlos Alberto Carmello Junior, pela luta tenaz a favor da vida de nossas crianças e contra a absurda omissão do governo do estado de São Paulo e a paquidérmica agilidade da justiça estadual, que vêm privando a Baixada Santista da UTI Pediátrica do Hospital Guilherme Álvaro, há muito fechada para reforma.
A morte de mais uma criança, na última segunda-feira, até pode não ter sido provocada pela ausência de leito em UTI, mas mesmo assim é inadmissível a atitude das autoridades locais e regionais, que não são capazes de apresentar uma alternativa de provisão de vagas para tratamento intensivo, para as crianças de nossa região.
São situações como esta que explicam os péssimos indicadores da Baixada Santista, quando se trata de mortalidade infantil.
As versões desencontradas, apresentadas pelas pessoas ouvidas na matéria publicada na pág. A-7 (imagem acima) do jornal A Tribuna de hoje, apontam até a possibilidade de que a unidade já esteja pronta, e que os baixos salários oferecidos pelo estado estejam impedindo sua reabertura, em função da ausência de médicos intensivistas.
Caso esta versão seja verdadeira, fica evidente a incapacidade do governo estadual em estruturar a política de saúde, que tem nas UTI uma das principais retaguardas.
Está mais do que na hora de apoiarmos a luta do promotor. Caso contrário, a grave situação pode perdurar e mais vidas poderão ser colocada em risco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário