Pesquisar este blog

domingo, 1 de abril de 2012

Santos: proporção de veículos por habitantes supera a da capital e mobilidade entra em crise

video

Excesso de veículos nas ruas de Santos preocupa moradores

O número de veículos em Santos representa mais da metade dos habitantes da cidade. Enquanto isso, o motorista sofre com as longas filas de congestionamentos.


A Rede Record destacou no noticiário Record News, de 28/3, a sinuca em que se encontra a mobilidade, em Santos. Conforme informado no video acima, baseado em dados recentes do Departamento Nacional de Trânsito - Denatran, o número de veículos por mil habitantes de nossa cidade já ultrapassou o de São Paulo.
Com população pouco superior a 419 mil habitantes (Censo IBGE 2010), a frota em Santos é de cerca de 250 mil veículos, o que representa uma média de 0,59 veículos por morador, enquanto a média nacional é de 0,36, a paulista é de 0,53, e a da capital é de 0,58.
O testemunho dos moradores ouvidos na reportagem escancara o que vimos apontando repetidas vezes aqui neste blog: a cidade está parando e o transporte coletivo não melhora. Ao contrário, este tipo de transporte, que deveria ser a prioridade de nossa política de mobilidade, é caro, ineficiente e desconfortável, o que vem levando cada vez mais pessoas a optarem pelo uso de transportes individuais, sobretudo os motorizados.
Este cenário não apresenta tendência de mudança e a questão é obrigatória na agenda eleitoral deste ano. Na minha opinião, o candidato que fugir deste debate estará se esquivando de apresentar propostas para um dos problemas urbanos mais sérios da região.
Digo da região, pois esta questão já ultrapassou há tempos os limites municipais. O trânsito regional, que converge para Santos é hoje um problema tão ou mais grave quanto o local. Acerca desta questão falaremos no próximo post, que comenta matéria de duas páginas publicada em A Tribuna deste domingo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário