Pesquisar este blog

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Baixada Santista: locais de trabalho segundo os municípios

Após a recente fornada de dados do Censo Demográfico 2010 (IBGE), alguns dados sobre movimentos pendulares por motivo de trabalho já estão disponíveis. Para os municípios da Baixada Santista, já é possível saber o número de pessoas ocupadas que trabalham no próprio domicílio de residência ou fora dele, no município de residência, assim como quantas pessoas trabalham em outro município, em mais de um município ou no estrangeiro.
No que se refere a Santos, do total de 201.100 pessoas que declararam trabalhar, 166.438 exerciam seu trabalho no próprio município, sendo 32.130 no próprio domicílio de residência e 134.308 fora dele. Em outro município trabalhavam 30.496 pessoas residentes em Santos, enquanto 1.752 trabalhavam em mais de um município e 109 em país estrangeiro.
No que se refere a São Vicente, estes números eram, respectivamente: 147.455, 73.535, 19.760, 53.776, 71.744, 2.116 e 60 pessoas.
Assim, enquanto 15,1% das pessoas residentes em Santos que trabalhavam o faziam em outro município, 48,6% das pessoas residentes em São Vicente trabalhavam fora deste município. Portanto, São Vicente, a despeito do aumento da base econômica ocorrida nas últimas décadas, permanece sendo cidade dormitório. Por outro lado, o mercado de trabalho santista consegue oferecer ocupação para a grande maioria de seus trabalhadores.
Em outros posts comentarei a situação de outros municípios da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário