Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de julho de 2012

Voltei

Amig@s, já estava com saudades!
Após alguns dias de hiato, retorno às atividades do blog.
Ausentei-me com o objetivo de realizar um survey urbanístico, visando compreender melhor o processo de construção de passadiços em determinadas cidades, onde a separação entre público e privado, decorrente de processos históricos, outrora não era tão definida.
Resumindo a ópera, a construção de passadiços era um recurso medieval para transpor os caminhos não muito aprazíveis de burgos onde o frio extremo, a ausência de saneamento e as rodas das carroças costumavam provocar estragos na saúde e nos hábitos dos homens e mulheres de bem.
Além do magnífico exemplar acima, brindo leitoras e leitores com mais alguns outros, que servirão para enriquecer o debate sobre o projeto de lei que visa permitir a ligação entre o maior shopping center da cidade e um empreendimento imobiliário corporativo, no bairro Aparecida, em Santos.
Vejam abaixo alguns exemplos da arte medieval de utilizar o espaço aéreo dos logradouros, com variadas finalidades.









Nenhum comentário:

Postar um comentário