Pesquisar este blog

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O imbróglio em torno do projeto da entrada de Santos

A notícia acima é mais um capítulo da absurda novela em que se transformou o necessário projeto (imagem abaixo) da Prefeitura de Santos para melhorar o sistema viário da entrada de Santos.
Suspeito que há questões político-partidárias envolvidas no imbróglio, pois fica difícil entender a postura blasé, adotada por autoridades estaduais, instadas a se manifestar acerca da proposta do município.
Senão, como explicar que um projeto de tamanha importância esteja sendo tratado de forma tão burocrática pelo governo de São Paulo?
Sinceramente, são difíceis de engolir as explicações apresentadas pelo estado, para justificar a falta de manifestação acerca do projeto.
Com tanta gente empregada pelo estado, trabalhando em seus órgãos metropolitanos aqui da Baixada, e com os imensos gargalos viários no trecho final da Via Anchieta, é surpreendente que o Palácio dos Bandeirantes não tenha sido demandado acerca dos quase diários congestionamentos, que ocorrem no referido trecho rodoviário que pertence ao estado e está sob concessão da Ecovias.
Se a Prefeitura entregou para este ou aquele órgão, pouco importa. Todos são pagos para trabalhar para o povo paulista e dar soluções ágeis para questões com tamanha gravidade.
Agora o Prefeito resolveu bater às portas do governo federal, providência que faz sentido, pois o imbróglio envolve o Porto de Santos, que é da União.
Oxalá os ares de Brasília deem mais celeridade ao projeto e façam o paquiderme em que se transformou a administração estadual se mover, para o benefício de milhares de pessoas que entram e saem de Santos diariamente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário