Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

As desapropriações do VLT no Centro de Santos

Continuando os comentários que iniciei em post de 4/9, acerca do trajeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) projetado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), no Centro de Santos, apresento na figura acima algumas das desapropriações de imóveis necessárias, para implantá-lo.
As áreas delimitadas na cor azul, de cima para baixo, respectivamente, nas esquinas da Avenida Conselheiro Nébias com as ruas Amador Bueno, João Pessoa e General Câmara, seriam desapropriadas, caso o projeto da EMTU seja de fato executado.
A primeira e a última são necessárias porque o VLT é muito extenso e demanda um raio de curvatura grande, para poder fazer a conversão à esquerda na Rua do Comércio, na ida para o Valongo, e para a conversão à direita, na Rua Amador Bueno, na volta em direção à Avenida General Francisco Glicério.
Especialmente a desapropriação na esquina da Rua General Câmara vai dar o que falar, pois exigirá a demolição, ainda que parcial, do edifício de um importante sindicato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário