Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

VLT: a questão dos itinerários de ônibus no Centro de Santos

O jornal A Tribuna, na página A-3 da edição de hoje, publicou matéria acerca do ramal Conselheiro Nébias-Valongo, do VLT, em Santos. A questão abordada é a mesma dos posts deste blog, dos últimos dias 1318/9. No alto, publico o mapa do itinerário, conforme a referida matéria.
Na reportagem, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e Prefeitura esclarecem que este é um projeto básico, e que o trajeto definitivo será conhecido apenas quando o projeto executivo estiver concluído.
Também, segundo esta fonte, a justificativa para a alteração da referida rota, que antes previa a passagem pela Rua João Pessoa, ao invés das ruas Amador Bueno e General Câmara, citou-se o papel da primeira via como importante rota para a Zona Noroeste e São Paulo, além de concentrar várias linhas de ônibus.
Acerca do primeiro ponto já me manifestei, considerando injustificável passar o trajeto do VLT para vias mais estreitas, privilegiando meios de transportes individuais ou coletivos de menor capacidade. Mas em especial quanto aos ônibus, a matéria deixou no ar que ainda não está definida a reconfiguração das linhas municipais e intermunicipais, em virtude da implantação do VLT.
Penso assim, porque é de se esperar que, com a passagem do VLT pelo Centro, várias linhas sejam alteradas, para não haver sobreposição de itinerário. Portanto, se este rearranjo ocorrer, como seria mais racional, cai por terra o argumento de que a Rua João Pessoa "é um importante corredor de ônibus". Ou estou enganado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário