Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O aumento da ocupação na encosta do Morro Santa Maria

As imagens abaixo são da encosta que une o Morro Santa Maria ao bairro da Caneleira, em Santos, que foi tema de nosso último post. A imagem superior é de 1997 e a inferior de 2009. A comparação entre ambas revela o quanto a ocupação avançou neste período, unificando o assentamento conhecido como Pantanal do Santa Maria, no topo do morro, com o Morro do Tetéo e favela da Caneleira, mais abaixo.
Segundo o Plano Municipal de Redução de Risco (PMRR), esta encosta possui 20 moradias em risco muito alto, 232 em risco alto e 396 em risco médio. Os custos para sanar esta situação foi estimado em R$ 6.590.000,00, referentes a obras na encosta e realocações de moradias.
Trata-se de um grande desafio para os próximos anos, sobretudo porque não adianta nada investir nestas ações, se não houver controle efetivo da ocupação, impedindo que o processo de expansão destes assentamentos, que atualmente ocorre, transforme estes esforços em uma política de enxugar gelo.
A propósito, a Prefeitura realiza às 19 horas de hoje, na Igreja São João Batista, na Praça Guadalajara, Morro da Nova Cintra, a audiência pública para apresentação dos resultados do PMRR.
Este evento era para ter ocorrido meses atrás, mas foi adiado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário