Pesquisar este blog

terça-feira, 20 de novembro de 2012

O projeto dos quiosques das praias de Santos



Hoje fui visitar os novos quiosques construídos junto ao Canal 2 (fotos acima), os primeiros inaugurados no âmbito do projeto de remodelação dos quiosques da orla de Santos, construídos em meados da década de 1990. O projeto é do arquiteto Aguinaldo Secco Jr., da Prefeitura de Santos.
Sou suspeito para falar, pois sou seu colega de trabalho, mas considero Aguinaldo um dos melhores profissionais da nossa área em atuação no município.
Pelo que pude observar, os espaços de lazer que ladeiam os canais, previstos no plano de Saturnino de Brito, ganharam muita qualidade com o novo projeto.
Com a redução do número de quiosques e a nova linguagem arquitetônica todo o espaço ficou mais leve e limpo, proporcionando uma visão mais desobstruída do mar.
O público que não deseja necessariamente consumir nos quiosques também ganhou mais espaço para convivência e fruição da paisagem da praia, pois aumentou o número de mesas e bancos. Além disso, o acabamento em granito destes equipamentos confere mais conforto.
Um dos maiores ganhos do projeto é a acessibilidade, pois a esplanada onde finam os quiosques e as mesas pode ser facilmente acessada por meio de rampas suaves, a partir das calçadas existentes no perímetro da área.
Contudo, senti falta de um espaço para comercialização de jornais, revistas e livros, o que seria um diferencial interessante para os usuários. Mas ainda há tempo e espaço para resolver esta lacuna.
Enfim, a Prefeitura está de parabéns pela iniciativa. Espero que as obras nos demais canais e no Embaré avancem logo e que a conservação desses espaços seja eficiente. E que o público ajude a conservar também!

3 comentários:

  1. Carriço, acessibilidade mais ou menos. Com 4 banquinhos em volta das mesas, o cadeirante não consegue se aproximar delas, ou seja, sai da cadeira ou fica de fora. Puxar o banquinho de concreto é que não vai dar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maurício, você tem razão, ficou faltando uma reserva de mesas adaptadas. Mas melhorou muito com relação ao que era.

      Excluir
    2. Mas não existem apenas banquinho de concreto. Se pararem para reparar, há mesas de madeira também e as cadeiras dessas não ficam fixas no chão.

      Excluir