Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Santos: a ligação do Campo Grande com a Av. Francisco Glicério

A sonhada ligação entre o interior do bairro do Campo Grande, em Santos, e a Av. Francisco Glicério, está bem adiantada (foto acima).
A obra, cuja implantação, que se saiba, não foi discutida com os moradores do bairro, deve mudar radicalmente as vidas de quem mora ou transita pelas ruas Visconde de Farias e Visconde Cayru, que devem passar a ligar a mencionada avenida, com a Rua Carvalho de Mendonça.
Esta ligação, sem sombra de dúvida, vai descongestionar as avenidas dos canais 1 e 2, mas vai introduzir um trânsito mais pesado no bairro, que hoje ainda apresenta ruas locais, como as mencionadas, onde a vizinhança goza de uma tranquilidade típica de cidades interioranas.
Resta saber se a população do bairro está disposta a pagar o preço da perda do sossego, para que motoristas alcancem o eixo Francisco Glicério-Afonso Pena com mais agilidade.
Diga-se de passagem que, sendo vias locais, certas atividades mais impactantes ainda não podem ser instaladas em imóveis das ruas Visconde de Farias e Visconde Cayru.
Contudo, no futuro próximo não faltarão pressões para mudança da Lei de Uso e Ocupação do Solo, para que estas atividades possam ser implantadas nesses logradouros. Essas pressões costumam sensibilizar edis sempre atentos às oportunidades.
Portanto, como já mencionei aqui, neste blog, espera-se da Prefeitura, algo mais do que obras civis e sinalização de trânsito adequadas. É importante que o setor de planejamento urbano da municipalidade se antecipe aos impactos previsíveis e proponha medidas capazes de mitigá-los. Mas desta vez, que os moradores sejam ouvidos.

Um comentário: